O 22.º Encontro Regional de Educadores e Professores de Matemática, BragançaMat 2018, insere-se no plano de atividades do Núcleo Regional de Bragança da Associação de Professores de Matemática e pretende constituir um espaço de discussão, reflexão, divulgação e partilha de experiências e trabalhos no âmbito do ensino e da aprendizagem da matemática.

O BragançaMat 2018 destina-se a educadores e professores de matemática de todos os níveis de ensino. Este ano o encontro realiza-se em Bragança, na manhã do dia 26 de maio, no Auditório da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança. O programa científico do encontro prevê duas Conferências Plenárias, seguidas de debate.
Contamos com a sua presença. A Organização do BragançaMat 2018

Programa (download)

Programa & Livro de Resumos, BragançaMat 2018

09h00 – 09h30 Receção e Entrega da documentação Secretariado, Auditório
09h30 – 10h00 Sessão de Abertura Auditório

Conferência Plenária
10h00 | Auditório
ESPETADOR OU ATOR? O PAPEL DO ALUNO NA COMUNICAÇÃO MATEMÁTICA NA SALA DE AULA

António Guerreiro , aguerrei@ualg.pt
Escola Superior de Educação e Comunicação
Universidade do Algarve

Nesta conferência tentarei discutir a ação do professor na sala de aula de matemática, com o propósito de valorização das práticas de interação entre os alunos e entre estes e o professor, visando o contraponto entre práticas de interação entre o professor e os alunos no ensino tradicional e as práticas de interação da comunidade de aprendizagem no ensino exploratório na sala de aula matemática.


11h00 – 11h15 Intervalo

Conferência Plenária
11h15 - 12h30 | Auditório
AUTONOMIA E FLEXIBILIDADE CURRICULAR: ALGUMAS QUESTÕES PARA REFLETIR

Lurdes Figueiral , lurdesfigueiral@gmail.com
Escola Artística de Soares dos Reis, Porto
Presidente da Direção da Associação de Professores de Matemática

Henrique Manuel Guimarães, hmguimaraes@ie.ulisboa.pt
Instituto de Educação, Universidade de Lisboa
Membro do Conselho Nacional da Associação de Professores de Matemática

O Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular (PAFC), implementado em 2017/2018 em 226 escolas, e todo o trabalho e reflexão em torno do Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória (Perfil), das Aprendizagens Essenciais (AE), do Currículo e da Avaliação, em que a Associação de Professores de Matemática esteve envolvida, têm levantado várias questões que surgem nas escolas, entre os professores, no domínio político e público.
Que reflexão tem feito a APM — sobretudo a sua Direção coadjuvada pelo Conselho Nacional da Associação — sobre estas questões? São estas interrogações, e também algumas reflexões a propósito delas, que vimos partilhar e debater convosco.

12h30 – 13h00 Conclusões e Sessão de Encerramento
13h30 Almoço



© 2018 - bragancamat.ese.ipb.pt